Um Rapaz a Arder PDF/EPUB ë Um Rapaz PDF/EPUB ²

Um Rapaz a Arder PDF/EPUB ë Um Rapaz PDF/EPUB ²



12 thoughts on “Um Rapaz a Arder

  1. João Roque João Roque says:

    “Um Rapaz a Arder” de Eduardo Pitta tinha à partida variados motivos de interesse para mim apesar de ser sempre difícil fazer uma critica totalmente objectiva e isenta de um livro cujo autor conhecemos pessoalmente e consideramos amigo é um livro escrito num estilo – memórias – único tipo de escrita ue eu consigo verter para o papel fala de assuntos ue me interessam bastante – livros e autores Moçambiue lugares vida política e social do país num período em ue também eu tenho as minhas memórias muito mais limitadas em certos sentidos e finalmente as referências ao mundo gayDevo dizer desde já ue o livro em nada defraudou as minhas expectativas antes pelo contrárioÉ uma obra em ue Pitta disseca com a sua habitual elegância de expressões o seu e nosso mundo desde 1975 data da independência de Moçambiue até 2001 ue ele encerra no dia em ue o mundo mudou auele 11 de Setembro da ueda das torres do WTCNesta descrição de tão variadas vivências encontrei referências a factos ue conhecia melhor ou pior mas também outros ue desconhecia por completoNo ue respeita ao universo da escrita claro ue fiuei muito mais elucidado sobre esse período fecundo da literatura portuguesa nomeadamente no campo da poesia e foi me particularmente grato ter aprofundado os conhecimentos de alguns escritores ue bastante me interessam como por exemplo Al Berto e Luís Miguel NavaO autor nunca esconde as suas opções e no seu normal estilo algo snob e ue ele maneja de uma forma única constrói uma espécie de dicionário sobre a realidade dauela época focando a naturalmente sobre a sua pessoaÉ para mim um livro delicioso


  2. Moureco Moureco says:

    Muito interessantes as memórias de Pitta 1975 2001 Para uem gosta de ler as referências são inúmeras e as descobertas surpreendentes à medida ue acompanhamos o desenrolar desta vida literária e não só Cansativas são as também inúmeras notas ue o autor coligiu para fazer entender muito do seu texto uando a informação poderia estar no próprio texto sem o prejudicar o autor não concordará comigo com certeza Outras notas não merecem ser notas apenas Gostei muito e recomendo mas não a ualuer leitor A um leitor comprometido ue reconheça o autor particularmente a sua obra enuanto poeta blogger e crítico literário


  3. Miguel Miguel says:

    Talvez mais uma crónica pessoalíssima é certo do ue propriamente memórias do ue foram de 26 anos da vida política e cultural em Portugal Se me perguntarem acho ue ninguém escreve hoje em português com a elegância e o poder de concisão de Eduardo Pitta Cada frase é perfeita lapidada até atingir o mínimo de palavras para a maior uantidade de informação possível


  4. António Ganhão António Ganhão says:

    Este é um relato das memórias entre 1975 e 2001 balizadas por dois acontecimentos ue mudaram a vida de Eduardo Pitta e o mundo respetivamente a independência de Moçambiue e a implosão das torres gémeas Um discorrer de episódios da sua vida tendo como pano de fundo os acontecimentos históricos e alguma ocasional maledicência “sem nunca pisar o risco da inconfidência”A escrita de Pitta é soberba Somos arrastados para essas imensas moradas ue o céu parece ter como se aueles ambientes e auelas pessoas nos fossem familiares Uma viagem guiada a um mundo no ual também somos marginais Esse parece ser o “nó górdio da euação” ue nos prende à leitura deste “Um Rapaz a Arder”Ler mais em Acrítico leituras dispersas


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Um Rapaz a Arder [EPUB] ✷ Um Rapaz a Arder Author Eduardo Pitta – Larringtonlifecoaching.co.uk Vindo de Moçambiue e chegado a Lisboa em meados dos anos 1970 Eduardo Pitta foi um observador atento da profunda transformação política social e cultural por ue o país passou nos anos ue se segui Vindo de Moçambiue e chegado a Lisboa em meados dos anos Eduardo Pitta foi um observador atento da profunda transformação política social e cultural por ue o país passou nos anos ue se seguiram à revolução nos da integração europeia e até ao início do século XXI Nestas memórias ue funcionam também como uma espécie de crónica Pitta cruza os acontecimentos da História com os da petite histoire e o factual com o pessoal enriuecendo o seu relato empenhado evocativo e Um Rapaz PDF/EPUB ² sempre cativante com pessoas imagens e algumas revelações.